Debater Lisboa
*
Debater Lisboa - Casa da Cidadania
Debate público sobre a Colina de Santana
10-12-2013 dn.pt

A Assembleia Municipal começa esta terça-feira a debater, às 18h00, o Projecto Urbano da Colina de Santana. O pretexto é a reconversão dos hospitais Miguel Bombarda, São José, Santa Marta e Santo António dos Capuchos, mas o objectivo é que a intervenção implique a reorganização de toda aquela área. É a primeira vez, desde a cidade medieval, que é objecto de planeamento.

Os dados estão prestes a ser lançados: depois de uma primeira fase de discussão pública, em Julho, das propostas de loteamento nos hospitais Miguel Bombarda, São José, Santa Marta e Santo António dos Capuchos, começa esta terça-feira a ser debatido na Assembleia Municipal de Lisboa (AML) o Projecto Urbano da Colina de Santana. O pretexto são as reconversões planeadas para aqueles complexos, mas o debate, dividido por cinco sessões, irá mais além, abrangendo toda a paisagem da única das sete colinas históricas da capital que não confina com o rio Tejo.

São mais de 340 as páginas que compõem o estudo _veja aqui_ que irá servir de base à reorganização de toda a área localizada entre as avenidas da Liberdade e Almirante Reis e delimitada pelo Martim Moniz, a Rua do Conde de Redondo e a Rua Jacinto Marta, onde se situa o Hospital Dona Estefânia. O equipamento é uma das oito grandes unidades existentes na Colina de Santana, mas não tem, tal como a sede da Academia Militar, qualquer intervenção prevista, ao contrário do que acontece com as restantes - os hospitais Miguel Bombarda, Desterro, São José, Capuchos e Santa Marta e o Convento de Santa Joana, que foi casa da Divisão de Trânsito da PSP.

Os dois primeiros imóveis estão já desactivados, devendo as três outras unidades de saúde fechar portas em 2017, quando for inaugurado, na zona oriental de Lisboa, o Hospital de Todos-os-Santos. Só então todas as reconversões vão poder avançar, estando previsto, segundo o estudo da autoria do atelier Inês Lobo Arquitectos, que dêem lugar, consoante o caso, a hotéis ou a prédios de habitação e serviços.
Veja a infografia em ecrã inteiro

Este sítio é plural em matéria de acordo ortográfico